18 de Maio: Dia Nacional de Combate a Exploração Sexual de Crianças

No dia 18 de maio de 1973, uma menina de oito anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espírito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois, carbonizado, e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos.

A data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000. O “Caso Araceli”, como ficou conhecido, ocorreu há quase 40 anos. No entanto, infelizmente, situações absurdas como essa ainda se repetem.

A Associação Brasileira de Defesa da Mulher, da Infância e da Juventude (Asbrad) destaca a importância desta data para o combate a esse tipo de exploração e a necessidade de nos mobilizarmos enquanto sociedade para combater este tipo de crime em nossa cidade.

Guarulhos, município em que a Asbrad está localizada, representa uma porta de entrada para todo estado, por abrigar o Aeroporto Internacional de Guarulhos – Governador André Franco Montoro. O local fica próximo a regiões muito carentes da cidade e é de conhecimento geral que a violência sexual atinge com mais intensidade crianças e adolescentes que se encontram em situação de vulnerabilidade.

Neste ano, o assunto merece atenção especial, pois o país abrigará os Jogos Olímpicos e atrairá milhares de turistas. É de conhecimento geral que grandes eventos como este têm como consequência um aumento substancial de casos de exploração sexual. Para mais informações sobre este tema, recomendamos a leitura da pesquisa Exploração de Crianças e Adolescentes e a Copa do Mundo, publicada em 2013 e traduzida pela Childhood Brasil.

Anúncios